Seção: Artigos Breno Costa Breno Costa - Artigos

Reforma Íntima – Porque é tão difícil e como fazer?

Afinal, porque é tão difícil realizar a reforma íntima?

É o que tentaremos, humildemente, ajudar a entender. Depois, compreendendo a dificuldade, é possível entender como fazê-la.

Primeiro, devemos analisar o que visa a reforma íntima: alterar nossos hábitos diários, deixando para trás hábitos infelizes e introduzindo em nossas vidas hábitos edificantes, o que resultará na sublimação de nosso espírito, com a elevação moral e intelectual.

Porém, a impressão que possuímos é que somente espíritos evoluídos conseguem manter hábitos edificantes durante o dia a dia. Nós, pessoas normais, temos enorme dificuldade de fazer a reforma íntima.

Essa dificuldade surge de vários fatores, vejamos:

1º – Nossa mente está habituada a determinado padrão vibratório. Conforme ensinamentos da Espiritualidade Superior, todo e qualquer pensamento emite vibrações. Assim, ao longo das vidas, possuímos o reflexo condicionado de manter determinado padrão vibratório. O resultado disso é a acomodação natural de nossa mente neste padrão vibratório. Até porque ele está em sintonia com todas as outras consciências que estão na mesma escala evolutiva. Dessa forma, naturalmente, a mente tende a emitir sempre o mesmo padrão de ondas mentais.

2º – Nosso subconsciente está alimentado de reflexos condicionados inferiores de outras vidas e de outros estágios da evolução. Antes de chegarmos na fase Humana, quando ainda éramos apenas uma crisálida de consciência nos reinos inferiores, foi necessário o desenvolvimento de instintos que, aos poucos, agora na fase humana, vão dando lugar à razão e ao sentimento. Na nossa atual fase, estamos lutando para largar estes instintos inferiores, ainda de ordem animalizada, para chegarmos no estágio da Razão e Sentimento.

Nossas reencarnações anteriores ainda eram muito inferiores. Basta pensarmos que há 200 anos atrás havia a escravidão no Brasil.

Disso resulta que ao longo dessas reencarnações em épocas ainda atrasadas da Humanidade, desenvolvemos reflexos condicionados ligados a hábitos grosseiros e inferiores.

Com a nova reencarnação trazemos, em nosso subconsciente, esses reflexos condicionados que, se não possuirmos controle mental rígido, manterão hábitos inferiores, impossibilitando a reforma íntima.

3º – A influência religiosa do passado, faz com que consideramos ruim fazer a reforma íntima. Soa como “chato” largar de beber cerveja, controlar a mente quanto a pornografia, não fumar, não usar drogas. São consideradas bobas as pessoas tranquilas, pacíficas, caridosas. Isso tudo porque ainda temos a mente presa a esta dimensão densa. Não conseguimos elevar um pouco nossa mente para entender que nas outras dimensões mais sutis a matéria, onde o espírito vive, é completamente diferente. Nestes lugares, a alegria e felicidade, com seus naturais prazeres, vale infinitamente mais do que qualquer vício que mantemos aqui, nesta vida imersa em dimensão grosseira.

4º – A influência espiritual. Atualmente possuímos mais de 7 bilhões de habitantes encarnados no planeta. Assim, aumentou o número de desencarne de consciências em conjunto e numa época em que o vícios materiais se multiplicam. Com isso, muitos desses espíritos permanecem na crosta terrestre, procurando viver entre os encarnados para manter os vícios de suas mentes.

O resultado dessa maior convivência é, naturalmente, uma maior influência, procurando nos levar a manter hábitos inferiores.

*

Disso tudo resulta que precisamos lutar contra os estímulos inferiores que nascem de nosso próprio subconsciente e da influência externa dos espíritos infelizes, entendendo que a reforma íntima nos capacitará para a verdadeira Vida Maior (que não nasce apenas do desencarne, mas sim da nossa elevação para planos de vida superiores, em dimensões vibratórias mais sutis).

Precisamos reprogramar nossas mentes.

Necessitamos largar os hábitos inferiores e adquirir hábitos edificantes. Com isso alteraremos nosso padrão vibratório e não receberemos influências inferiores.

Porém, ninguém conseguirá fixar “a partir de amanhã não serei mais egoísta”.

Isso porque, o vícios internos do espírito, ligados a moral, levam anos e até mesmo vidas para depuração.

De outro lado, os vícios externos podem ser combatidos imediatamente.

Sabendo disso precisamos estipular uma estratégia para a reforma íntima.

Esta estratégia envolve tanto os vícios internos quanto externo do Espírito, com a diferença de que terá repercussão imediata nos vícios externos e mediata nos vícios internos.

Dentro desse cenário, devemos adotar em nossa vida diária, como hábitos que não podem ser adiados:

1 – oração diária (ao acordar, ao dormir, indo para o trabalho, voltando, caminhando, correndo, sempre é possível elevar o pensamento e fazer uma prece agradecendo a Deus tudo que possui e pedindo proteção para a vida diária).

2 – Evangelho no Lar (estabelecer um dia na semana, em determinado horário, para orar em família, ver “artigo” a respeito no site).

3 – Ler mensagens edificantes (as mensagens trazidas pela Espiritualidade Superior iluminam nossas mentes e ampliam nossos conceitos, ensinando a praticar condutas edificantes).

4 – Meditação diária (reservar 5 minutos do dia para ouvir música relaxante, evitando pensar nos problemas do trabalho, da família, apenas elevar o pensamento a Deus e meditar).

5 – Alimentação saudável e exercícios físicos regulares (precisamos conservar a saúde de nosso veículo de manifestação nesta dimensão vibratória). A prática de exercícios físicos regulares ajuda a elevar a sensação de bem estar, contribuindo na manutenção do padrão vibratório.

Estas cinco práticas caracterizam-se por serem hábitos edificantes que catalisarão bons pensamentos e proporcionarão a elevação de nosso padrão vibratório, além da mudança interna de nossas condutas inferiores.

Em conjunto com estes hábitos, devemos vigiar nossos pensamentos, cortando no nascedouro qualquer estímulo não edificantes. Se o estímulo era de nosso subconsciente, demos um passo para reprogramação de nossa mente; se o estímulo era influência de espírito infeliz, afastamos a má companhia.

Imaginar fazer a reforma íntima sem conhecê-la e sem traçar uma estratégia é ineficaz, porque estamos lutando contra uma programação de nossa mente de milhares de anos, além da influência de espíritos infelizes que habitam a Crosta Terrestre.

Ao estabelecer estas cinco condutas edificantes, dificilmente a reforma íntima não avançará em nossa vida mental.

Com certeza nossos amigos espirituais aguardam ansiosamente pela nossa elevação, por isso, ajuda não faltará!

*

Por Breno Costa.

 

 

7 Comentários

Elizandra { 18 de novembro de 2013 às 16:02 }

Olá!
Que lindo os esclarecimentos que vcs nos passam, fico feliz que tenham pessoas que estão lutando para que nos ajudar a evoluir, parabéns!

Claci Lori { 21 de janeiro de 2014 às 21:36 }

Muito bem colocado, vamos a luta constante! Parabéns, continuem este trabalho!

Poliana { 15 de março de 2014 às 12:46 }

Estou trabalhando nainha reforma intima e com essas dicas fica mais facil, obrigada!

rosangele ribeiro da silva { 17 de maio de 2014 às 10:58 }

adorei a informação e explicação de como nos tornar uma pessoa melhor e mais evoluída.obrigada

Marial Rauber { 29 de junho de 2014 às 8:59 }

Obrigada! Muito bom, e temos que ter consciência que ao percebermos nossos deslizes,vamos começar uma batalha, sempre vem alguém criticando . Com firmeza começamos a ser uma luz entre os que nos rodeiam.

Sergio Brito { 30 de junho de 2014 às 22:41 }

Reforma, não há termo mais apropriado. Sou engenheiro e sei que as reformas são indispensáveis, nunca terminam, apresentam imprevistos, e, não ficam perfeitas. Sempre requerem um detalhe a mais. Assim é a reforma íntima. Não fica perfeita, mas fica muito, muito melhor do que se não a implementarmos. Ótimo texto, obrigado.

Jefferson { 1 de maio de 2015 às 18:12 }

Parabéns!
Muito esclarecedoras essas dicas, tudo muito simples e claro.Acredito que quem ler o texto não terá dúvidas.Me ajudou a ter um norte e ajudará muitos.
Obrigado!
Grande abraço a todos.

Deixar um Comentário

Mensagens
Palestras todas as terças-feiras às 20:00 hrs no Núcleo Espírita - Amor e Paz
Rua Coronel José Bráz, 682 - Marília / SP

Clique aqui para ver a localização no mapa
| Clique para entrar em contato