Seção: Artigos Autores Diversos Orson Peter Carrara

Não encontro Deus!

Não encontro Deus! –  Por Orson Peter Carrara

Essa afirmação é comum entre os que se decepcionam, se desesperam, os que não encontram respostas para os difíceis quadros do planeta e da vida individual e coletiva, também os que severamente se frustram com os quadros da hipocrisia e do egoísmo ou vaidade, ganância ou prepotência, que geram dores, angústias e sofrimentos sem conta. Não é preciso recordar a história humana em seus quadrantes mais sofridos, desde os primórdios da humanidade aos contínuos quadros das guerras, inclusive religiosas, até os pavorosos eventos de corrupção, mentira ou manipulações, não restritos às esferas do poder e suas ilusões.

Afinal, mata-se em nome de Deus; escondemo-nos em aparências para agir na obscuridade, mutilamos, corrompemos, traímos, roubamos – inclusive a paz alheia – e ainda nos maltratamos ou nos desprezamos, usando máscaras de hipocrisia, inclusive em nome da fé.

Visão pessimista? Não, infelizmente ainda nossa realidade humana. As lutas e a falsa compreensão do que é a vida e seus objetivos, colocam-nos em situações que exigem decisões nem sempre sábias ou generosas, que deveriam ser o norte do comportamento individual. Convenhamos, todavia, que faltam-nos ainda a sabedoria e a bondade, em sua feição real.

Daí as reações de desespero, dúvida, angústias, decepções e seus lamentáveis desdobramentos. Entre eles, a incredulidade, ou a ausência da fé.

Diante de enfermidades cruéis, fome, abandonos, solidão ou da desolação e as consideradas injustiças, com tantos extremos em todos os sentidos, a pergunta é inevitável: “Onde está Deus? Que permite tudo isso! Procuro-o, mas não O encontro!”

O que ocorre é que nossa visão é tão limitada, tão escassa, tão pequena e medíocre nossa maturidade que não conseguimos ver além das aparências.

Todavia, Deus está em toda sua magnífica obra. A começar por nós mesmos, seres simultaneamente iguais e desiguais num gigantesco processo de aprendizado. O desequilíbrio que se verifica nas situações é obra humana, hoje ou anteriormente como causa. A obra de Deus está na perfeição, ordem e equilíbrio do próprio universo, nas flores, na água, no sol, nas crianças, no ar que respiramos e na luz da consciência. E está principalmente na justiça misericordiosa. Há causas anteriores que nos escapam, que geraram os imensos desconfortos que infelicitam a vida humana hoje. E, por força de igualdade e justiça, mas principalmente bondade, com que Deus trata todos os filhos, vemos e vivemos os reflexos que afetam nossas vidas e a sociedade como um todo.

Mas a grandeza, a bondade, presença do Criador está em tudo. Basta contemplar os céus durante o dia ou as estrelas à noite. É preciso ir além das aparências sofríveis para entender uma ordem que rege a vida. Basta observar as flores ou os animais, a variedade de tudo que nos cerca e envolve, ou a gestação humana, o nascimento e mesmo a morte, para entender que há um poder sábio que tudo preside, com bondade, imenso amor e justiça.

A grandeza do mar e seus conteúdos, ou o infinito do Universo, a diversidade em tudo ou a incrível capacidade e criatividade humanas, o sentimento inato que guardamos de um Ser Supremo, a lógica na voz, no sentimento e na ação de benfeitores variados que aportaram no planeta em diferentes épocas – o maior Deles, o Cristo – conspiram convidando-nos a pensar mais a respeito e especialmente buscar Deus dentro de nós, na maravilha em construção que constitui cada ser. A própria preciosidade da vida e seus desdobramentos já indicam a presença e providência de uma inteligência acima de nossas mediocridades.

Deus está conosco, não distante! Aprendamos a agradecer pela vida e a Deus pelo que somos, com quem vivemos, pelas oportunidades, desafios e aprendizados e mesmo pelas adversidades, pois são elas que nos aproximam de Deus. A gratidão despertará a alegria de viver e libertará desses estados de ânimo, de desconsolo e decepção, para elevar-nos à esperança e ao trabalho útil do próprio crescimento, que redunda em favor de muitos. Avante, pois! Destemidos, prossigamos! Por que a dúvida? A vida conspira a nosso favor! E não se resume ao que vemos e vivemos aqui. Deus está em tudo, inclusive dentro de nós!

Nenhum comentário

Nenhum comentário

Seja o primeiro a comentar, deixe sua mensagem!.

Deixar um Comentário

Mensagens
Palestras todas as terças-feiras às 20:00 hrs no Núcleo Espírita - Amor e Paz
Rua Coronel José Bráz, 682 - Marília / SP

Clique aqui para ver a localização no mapa
| Clique para entrar em contato