Seção: Exercícios Mentais

Aula 14 – Caridade – Participar efetivamente de um programa de caridade

Hoje proporemos um novo exercício mental/prática edificante que ajudará no fortalecimento de nossa mente e, consequentemente, na realização da reforma íntima. Recomenda-se estudar todos os exercícios mentais propostos, porque ele se completam! Estão todos no link “Exercícios mentais” no site.

*

Hoje, vamos nos propor aos seguintes exercícios mentais:

Caridade – Participar efetivamente de um programa de caridade

É necessário participarmos de alguma atividade de prestação de serviços para pessoas que estão em situação desfavorecida (em regra, no aspecto material, ou seja, sociedade carente, mas também em todos os demais sentidos, por exemplo, “doutores da alegria”).

Vamos relembrar algumas frases já vista aqui no curso:

“Servir é criar simpatia, fraternidade e luz”, Emmanuel.

“Ante a Lei do Senhor, o ato de servir é Luz em toda a parte. E essa lei pede em tudo: ‘ajuda agora alguém’.

Assim, quem nada faz, em nada se detém.

Recorda que a preguiça é o retrato da morte.

Toda a vida auxilia.

Auxilia também”.

André Luiz.

E vamos ver algumas mensagens novas:

“O Mundo não está ameaçado pelas más pessoas, mas sim por aqueles que permitem as maldades”. Albert Einstein.

“A caridade é um exercício espiritual… Quem pratica o bem, coloca em movimento as forças da alma”. Chico Xavier.

“Toda moral de Jesus se resume na caridade e na humildade, isto é, nas duas virtudes contrárias ao egoísmo e ao orgulho”. Evangelho Segundo o Espiritismo.

Assim, vemos a importância de efetivamente fazer parte de algum programa de caridade.

Não adianta afirmar que não tem tempo agora, que não é possível, que não tem patrimônio para ajudar os outros.

Isso porque, a vida não exige que sejamos missionários, ou seja, que larguemos tudo e passemos a fazer caridade. Muito menos, que doemos nosso patrimônio material.

Existem inúmeras formas de caridade e diversos programas de assistência em todas as cidades do Brasil.

Nesse sentido, basta procurar algum programa que seja adequado à sua realidade, de tempo e de dinheiro.

Diversos são os programas que precisam somente de ajuda braçal, sem doação alguma, ou seja, que necessita de obreiros do bem, você pode ser um.

Quanto ao tempo, basta procurar um programa de caridade que ocupe uma hora de sua semana, ou uma hora de seu mês, quinzena, etc.

Todos, inegavelmente, dispomos de uma hora no mês ou quinzena para trabalhar a serviço de Deus e na ajuda ao próximo. Basta querer. Tempo é prioridade. Se quisermos dispor de uma hora no mês, conseguiremos!

Fazendo caridade, transformamos nossa vibração mental, porque estamos dedicando nosso tempo na ajuda ao próximo. Assim, entramos em sintonia com amigos espirituais elevados, recebendo sua orientação e proteção.

Além disso, durante o ato de caridade estamos sendo instrumento da Infinita Misericórdia de Deus, viabilizando o auxílio que o irmão necessita/merece receber.

Da mesma forma que Jesus Cristo afirmou “Há de vir o escândalo, mas aí daquele porque quem ele vier” (Mateus, capítulo 18), podemos afirmar que o socorro aos necessitados que possuem mérito também precisa chegar e sorte daquele que se fizer instrumento deste ato divino, que envolve sentimentos de amor e bondade.

Vamos ver um vídeo muito lindo que demonstra como é belo o sentimento de querer ajudar o próximo e como ele traz o verdadeiro estado de felicidade.

Com a caridade:

- vamos aprendendo a amar o próximo.

- vamos aprendendo a sair da “concha do egoísmo” (doamos nosso tempo e, se for o caso, nossos recurso materiais).

- ampliamos nossas consciência para entender que toda a matéria é instrumento do Espírito para sua ascensão (Inteligência).

- somos instrumentos dos amigos espirituais e da Divina Providência.

- muitas vezes vemos pessoas em dificuldades muito maiores que a nossa e isso facilita o desenvolvimento do sentimento da resignação.

Então, esta semana, a tarefa de casa é entrar em algum programa de caridade. Se já faz parte de um, basta manter e pensar se não pode ajudar um pouco mais.

Até agora, os exercícios mentais e as práticas edificantes que sugerimos para fazer durante a semana são:

1º – Afastar todo e qualquer pensamento não edificante (ver aula 01 e 02 no link “Exercícios mentais”).

2º – Sempre que passar por alguém emitir bons pensamentos (ver aula 03 e 04 no link “Exercícios mentais”).

3º – Meditar por CINCO minutos, ao menos três vezes na semana. Preferencialmente, meditar todos os dias por cinco minutos. Preferencialmente, orar antes. Preferencialmente, antes de dormir (principalmente para quem tem insônia). (ver aula 05 no link “Exercícios mentais”).

4º – Evitar o descontrole emocional (raiva, cólera, ira, etc). (ver aula 06 no lik “Exercícios mentais”).

 

5º – Paciência – Esperar 1 minutos antes de ficar impaciente.

 

6º – Indignar-se com serenidade.

 

7º  – Ser generoso e solícito no dia a dia (no trabalho, na rua, trânsito, em casa, etc).

 

8º – Realizar Evangelho no Lar ao menos uma vez por semana.

 

9º – Ler mensagens edificantes todos os dias!

 

10º – Estabelecer um hábito angular e exercitar o autocontrole.

 

11º – Evitar queixar-se da vida.

 

12º – Caridade. Participar efetivamente de algum programa de caridade.

 

PS: todos os exercícios estão no link “exercício mentais” no site www.avidanomundoespiritual.com.br

 

Mensagem de encerramento:

1 Comentário

Isabel Cristina { 24 de agosto de 2014 às 16:02 }

Adorei, simplesmente.

Deixar um Comentário

Mensagens
Palestras todas as terças-feiras às 20:00 hrs no Núcleo Espírita - Amor e Paz
Rua Coronel José Bráz, 682 - Marília / SP

Clique aqui para ver a localização no mapa
| Clique para entrar em contato